Na quietude da água


Na quietude da água

Em stock

10,00
IVA incluído. Acresce custos de envio


A primeira impressão que um livro deixa na menina dos olhos de quem passa e deita um olhar oblíquo sobre capa desse livro, é o título com a sua carapaça de mistério, vulnerável aos desejos do leitor. "Na quietude da água" é, pois, o primeiro clique que remete para um jardim oriental, bem harmonizado, no seu silência aquático, transbordando de naureza límpida e serena. É dessa água tranquila, desse estado meditativo, que as artes características da tradição zen emergem: simplicidade, naturalidade, profundidade, tal como a revelação enigmática de um haiku. Com estas referências sugeridas pelo título deste pequeno livro de José Queiroga, vamos entrar no patamar da sabedoria oriental, onde 'o perfume do entardecer se confunde com a flor dos lábios', com a flor de lótus.

Procurar também nestas categorias: Poesia, Página inicial, Loja, Livros